A rescisão do atacante com o Internacional foi encaminhada nesta quarta-feira e as partes chegaram a um acordo com relação aos valores que o uruguaio receberá para deixar o clube antes do término do contrato. Algumas minutas do acordo, inclusive, já foram trocadas entre as partes.

Entre pendências relativas a salário, direitos de imagem do ano passado e vencimentos que o jogador teria direito nos 18 meses de vínculo, serão desembolsados pelo Colorado cerca de 3 milhões de euros (R$ 9,6 milhões) ao jogador. O valor será pago em 18 parcelas.

Inicialmente, o clube queria diluir o montante em 24 prestações, enquanto que o staff de Forlán aceitava dividir o débito apenas em 12 vezes. As partes, entretanto, se entenderam em reunião em Porto Alegre nesta quarta-feira.

Para liberar o jogador, o Inter, mesmo pagando quase R$ 10 milhões a Forlán, terá uma economia de aproximadamente R$ 2,750 milhões de euros (R$ 8,6 milhões), considerando que ele teria contrato com o clube até o meio de 2015. O atacante tem um salário de R$ 700 mil sem descontos.

As conversas podem devem se arrastar ao longo da noite. Isso porque o então diretor de futebol do Colorado, Newton Drumond, foi demitido nesta quarta-feira, fato que atrasou, em parte, as negociações.

Fonte: Lancenet!