Acusado de ter se recusado a fazer um exame antidoping na Arábia Saudita, Jobson está suspenso pela Fifa até 2019. O atacante terá um julgamento em última instância nesta sexta, na Suíça, e não estará presente na Corte Arbitral do Esporte (CAS). Ele será representado por dois advogados. A informação é do site “Globoesporte.com”.

Na última semana, o advogado do jogador, Bichara Neto, reclamou publicamente que o Botafogo não havia pago o que devia e o atacante não poderia viajar para a Suíça. O clube respondeu em nota e quitou a dívida, porém deixando claro não ter mais interesse o futuro de Jobson.

Fonte: Globoesporte.com