Felipão projeta Dória na seleção e o exige na sub-20

Compartilhe:

Dória estreou no Botafogo com apenas 17 anos e ainda fez um gol contra na vitória do Botafogo sobre o Coritiba, em 2012. Após um início duvidoso, a carreira do jovem atleta decolou. Titular no Alvinegro, o zagueiro chegou à seleção brasileira. O futebol apresentado o deixou em alta com o técnico Luiz Felipe Scolari, que exigiu sua presença no time sub-20 para observá-lo de perto.

Dória foi convocado para a seleção brasileira de base, junto com Gabriel e Vitinho para período de um mês de amistosos. O Botafogo pediu a desconvocação, mas o zagueiro permaneceu na lista. Segundo apuração do UOL Esporte, a decisão foi tomada por Felipão que, através do seu auxiliar Flávio Murtosa, entrou em contato com o técnico alvinegro Oswaldo de Oliveira. O objetivo é testar o atleta para futuramente ser aproveitado pelo time principal do Brasil.

Caso Dória tenha um bom desempenho e seja aprovado pelo estafe de Felipão nesse período de teste, o zagueiro ficaria em boas condições para virar figura frequente na seleção brasileira num breve futuro. O principal objetivo não é levá-lo para a Copa do Mundo, mas ele ficaria como opção caso algum jogador da posição se machuque, assim como Dedé.

Sem entrar em detalhes, Dória diz estar contente com a fase vivida dentro de campo. O zagueiro tem um mês para mostrar serviço com a camisa do Brasil e agradar ainda mais Felipão. O jovem atleta almeja ter um futuro na seleção e afirma que se sentiu importante por não ter sido desconvocado pelo técnico da sub-20, Alexandre Gallo.

“Fiquei feliz por ser lembrado para seleção, é um sonho de infância, independente de ser para a principal ou sub-20. Estou fazendo meu melhor para que as coisas saiam bem. A CBF teve a decisão de não me liberar, sinal de que eles confiam em mim. Quero concentrar em fazer meu melhor e ajudar a equipe. Um dia quero me firmar na principal. Tem pessoas observando e espero que isto aconteça no futuro”, disse.

Nos três primeiros testes, Dória passou com louvor. A seleção brasileira goleou o Aracruz, Rio Branco e Ferroviária, no Espirito Santo. Foram dez gols marcados e um comportamento exemplar da defesa, que não foi vazada. O próximo compromisso é o Torneiro de Toulon, na França.

O sucesso de Dória dentro de campo despertou o interesse de alguns clubes da Europa. Na temporada passada, a Juventus-ITA por muito pouco não acertou sua contratação. Os italianos, no entanto, não chegaram aos 10 milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões) que o Botafogo quer. E o assédio continua. Após ser campeão carioca, três times da Alemanha estão interessados em seu futebol e deverão formalizar uma proposta oficial.

Na última segunda-feira os empresários de Dória se reuniram com o grupo DIS, que oficializou uma proposta de 7 milhões de euros (cerca de R$ 19 milhões). O Botafogo está analisando a oferta e não tem previsão para dar a resposta. Caso efetue a compra, a empresa tem como objetivo repassar o zagueiro para o Cruzeiro.

Fonte: UOL

Comentários