Após uma reunião realizada nesta segunda-feira, entre a diretoria do Botafogo e o técnico Felipe Conceição, ficou definida a permanência do profissional no clube. Conceição, que foi demitido da função de treinador da equipe principal, na semana passada, terá o seu contrato rescindido amigavelmente e um novo vínculo, agora como funcionário do clube alvinegro, será estabelecido.

A discussão agora é jurídica, pela forma como será feita o novo contrato. É necessário aguardar a rescisão do atual vínculo na CBF para definir o novo. O ex-auxiliar Fabrício Vasconcellos também terá o mesmo destino.

Porém, segundo a própria diretoria do Botafogo, a nova função de Felipe Conceição ainda não está definida. A questão é que todos os cargos das categorias de base do clube alvinegro já estão ocupados. Além disso, Conceição não foi cogitado na comissão técnica do novo treinador, Alberto Valentim, que já conta com o auxiliar Fernando Miranda, oriundo do Palmeiras. O posto de auxiliar permanente, cargo ocupado por Conceição na época de Jair Ventura, hoje pertence a Bruno Lazaroni.

Demitido do cargo há pouco mais de uma semana, Conceição teve apenas sete jogos para mostrar trabalho no comando dos profissionais. A queda foi consumada após a derrota para o Flamengo, na semifinal da Taça Guanabara, mas já estava construída desde a eliminação para a Aparecidense, na primeira fase da Copa do Brasil.

Fonte: Terra