Fisiologista do Bota ironiza fogos do Galo na madrugada

Compartilhe:

Altamiro Bottino (Foto: Reprodução/Facebook)

O fisiologista do Botafogo, Altamiro Bottino, na manhã desta quarta-feira, informou em sua página no Facebook que a torcida do Atlético-MG soltou fogos de artifício nas proximidades da concentração do Botafogo, durante a madrugada em Belo Horizonte. O elenco enfrenta o Galo na noite desta quarta, às 19h30, no Independência, às 19h30, na partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

Segundo o fisiologista, o ato ocorreu entre as 4h e 05h12 da manhã. Em tom irônico, o fisiologista fez referência ao Pleistoceno, época geológica na história da Terra que, segundo especialistas, começou a cerca de 1.750.000 anos e terminou aproximadamente há dez mil anos. A época plistocena abrangeu um período chamado Idade do Gelo, quando várias camadas de gelo cobriram vastas regiões da Terra. Antropólogos creem que o ser humano primitivo começou gradualmente a evoluir para a forma atual durante o Plistoceno.

Confiante, o profissional afirmou ainda que o barulho não fará o Botafogo sair dos trilhos. Segundo ele, o grupo alvinegro está fechado contra tudo e todos. Novamente de forma irônica, escreveu que, à noite, verão se o Galo canta apenas de manhã, enquanto ainda está amanhecendo, e o Fogão, referindo-se ao Botafogo, ainda não foi aceso.



Fonte: Lancenet!
Comentários