O Botafogo vai enfrentar o Flamengo nas semifinais do Campeonato Carioca, quarta-feira, às 21h45, no Maracanã, precisando da vitória – o empate é do rival. Neste domingo, o Glorioso perdeu muitas chances, voltou a falhar na defesa e perdeu o título da Taça Rio para o Fluminense, com derrota por 3 a 0 no Maracanã.

O Botafogo começou melhor. Logo no início, Marcus Vinicius obrigou Júlio César (aquele mesmo, o Chester) a fazer grande defesa. Depois, aos 9, Leo Valencia lançou de longe e Brenner se jogou na bola, desviando para fora. Eram chances atrás de chances.

Mas o Fluminense saiu na frente. Aos 12, Ayrton Lucas arrancou pela esquerda, a defesa do Botafogo apenas olhou a linha de passe tricolor dentro da área e Pedro abriu o placar.

O Glorioso não sentiu o gol e, após uma pequena desorganização, voltou a dominar o jogo e enfileirar chances perdidas. Aos 30, Júlio César defendeu chutes de Moisés, com o peito, e Leo Valencia. Aos 44, foi a vez de Luiz Fernando ser bloqueado por Ayrton Lucas. E, nos acréscimos, Lindoso perdeu boa chance de cabeça.

No segundo tempo, o Botafogo voltou a dar mole na defesa. A zaga ficou olhando, Pedro tocou de peito e Marcos Júnior completou para o gol. Com o prejuízo maior no marcador, Alberto Valentim colocou Renatinho e Luis Ricardo nos lugares de Marcus Vinicius e Marcinho, para tentar dar uma sacudida.

Nada surtiu efeito. Depois, Rodrigo Pimpão entrou no lugar de Marcelo. O Fluminense segurou bem a vantagem, e o Botafogo não conseguiu criar muito mais. Nos acréscimos, Jadson, ex-Botafogo, ainda fez o terceiro, no contra-ataque. Ficou feio, e o Alvinegro acabou mesmo com o vice-campeonato da Taça Rio.

Fonte: Redação FogãoNET