Apesar de Diego Forlán ser visto por alguns membros da diretoria do Botafogo como o grande nome para ser a referência da equipe na Libertadores, outros discordam. Existem pensamentos divergentes quanto ao fato de o jogador estar pensando apenas em jogar a Copa do Mundo.

Uma parte da cúpula alvinegra acredita que Forlán seria a peça ideal para substituir Seedorf e chegaria ao Alvinegro disposto a ganhar a Libertadores. Entretanto, uma outra parcela já não confia tanto no desempenho do camisa 7 e pensa que ele prioriza ficar em exposição no Brasil e manter a forma antes da disputa da Copa do Mundo.

A linha de raciocínio do lado contrário ao negócio é que, com o salário de Forlán, seria possível contratar dois ou três jogadores sem a grife do uruguaio. O pensamento é não investir a verba que era destinada a Seedorf apenas em um jogador, para aumentar a força do elenco.

Fonte: Lancenet!