Gatito Fernández talvez seja a grande referência dos alvinegros e é o próximo da lista a possivelmente deixar o Botafogo. O goleiro foi o destaque absoluto do Paraguai na Copa América, onde foi eleito o melhor jogador em campo nos quatro jogos da sua seleção na competição até cair para o Brasil. Gatito foi tão bem que despertou o interesse de grandes times da Europa.

O clube que chegou junto ao estafe do goleiro foi o Porto. O Botafogo, que vive situação financeira delicada, ainda não foi incluído na conversa já que ainda se trata de algo bastante preliminar. A diretoria, no entanto, aguarda a chegada de uma proposta para estudar as possibilidades. Segundo apuração do UOL Esporte, o Alvinegro espera uma “boa” oferta para abrir mão do atleta, um dos ídolos atuais do clube.

Uma venda não está descartada justamente pelo fato de o Botafogo precisar de dinheiro. Além disso, o desejo de Gatito de voltar à Europa é algo que pesa no cenário. Isso tudo, porém, só ocorrerá se os números oferecidos agradarem ao Alvinegro.

“Se for algo muito bom para mim e para o clube, gostaria sim. Se não, eu me sinto muito bem no Botafogo, tenho o apoio da torcida, temos muitos jogos por fazer ainda nesta temporada. Se for algo bom para ambos, sim, do contrário fico no Botafogo”, disse Gatito à rádio Deportes Uno 650, do Paraguai.

A expectativa das partes é que uma proposta oficial chegue ao Botafogo durante o período de contratações dos clubes europeus. Ao mesmo tempo, o Alvinegro não pretende que a situação se alongue demais e acabe virando uma novela.

Fonte: UOL