Em um sábado de forte sol no Rio de Janeiro, muito trabalho no Botafogo. Pela manhã, os jogadores fizeram avaliações físicas e o primeiro treino no campo, comandados pela comissão técnica alvinegra. Foram quase três horas de atividades no CT João Saldanha, em General Severiano. Pausa apenas para o almoço e para o descanso, porque à tarde haverá outro treinamento.

O dia foi também de novidades. Helton Leite realizou seu primeiro treino no campo, ao lado do preparador de goleiros Flavio Tenius. Já os laterais gêmeos Alex e Anderson, ex-Vitesse (HOL), foram apresentados oficialmente pelo gerente executivo de futebol Anibal Rouxinol e vestiram a camisa do Botafogo pela primeira vez.

Os dois irmãos têm objetivos similares no Glorioso.

“Respeitando os laterais que estão aqui, pretendemos com certeza jogar. Vamos trabalhar, buscar nosso espaço na equipe e tentar corresponder. Agradecemos ao Botafogo pela oportunidade e confiança no nosso futebol. Queremos fazer uma boa história aqui”, afirmou o lateral-direito Alex.

“Tenho expectativa de jogar o Carioca e a Libertadores. Vamos trabalhar forte durante esses dias que temos e, quando tiver a oportunidade, aproveitar da melhor forma possível. Sei que os laterais do Botafogo têm muita qualidade, mas mas vou procurar fazer o meu trabalho da melhor maneira possível”, acrescenta Anderson, lateral-esquerdo.

Revelados no Flamengo, onde foram campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2011, os laterais estavam na Holanda, onde tiveram como dificuldades estar longe da família e atuar com pouca frequência. A experiência valeu como lição e os fortaleceu.

“Temos o pensamento de fazer uma história bonita aqui no Botafogo. Tivemos uma experiência boa, aprendemos bastante, pois a forma de jogar é diferente. Crescemos também como homens, com coisas que vamos levar para a vida inteira. Foi um bom aprendizado para chegarmos mais maduros e fazermos um bom trabalho no Botafogo”, avalia Anderson, em opinião igual à do irmão Alex.

Fonte: Site oficial do Botafogo