Alvo antigo da diretoria do Botafogo, o atacante Gilberto fará uma contraproposta ao Alvinegro nos próximos dias. Com a chegada de Anderson Barros para a diretoria de futebol, a tendência é que as negociações acelerem.

A proposta inicial a Gilberto foi de um contrato de dois anos e salários de R$ 200 mil. O atacante deseja uma sutil melhora na questão salarial, além de contrato de um ano e luvas de R$ 1 milhão – que seriam diluídos em 12 meses.

Sem esconder que sua prioridade ainda é o futebol do exterior, Gilberto recebeu nesta semana uma sondagem do Avispa Fukuoka, recém-promovido à Primeira Divisão do Campeonato Japonês, mas não se empolgou com o que lhe foi oferecido.

Fonte: Globoesporte.com