Em meio à disputa da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) e da Concessionária Maracanã, a TV Globo pressiona pela realização dos clássicos do Estadual no maior estádio da cidade. A mudança do Vasco e Botafogo teve influência da emissora, detentora dos direitos de transmissão da competição, que pediu a troca do Engenhão para o local da final da Copa-2014.

A Ferj informou, no entanto, que o motivo determinante para a transferência da partida foi mesmo a falta de um atestado liberatório para receber 25 mil pessoas, o que limitaria o público a 17 mil. Segundo a federação, a expectativa é de receber 40 mil pessoas no domingo. A federação não confirmou o pedido da emissora.

Mas, pelo que o blog apurou, a Globo prefere e pede que os jogos que transmite sejam realizados no Maracanã pela melhor estrutura para a televisão e por proporcionar um espetáculo com o público superior.

Neste cenário, o Vasco entrou em acordo com o Concessionária Maracanã em modelo similar ao executado na Série B do ano passado, e parecido com o adotado pelo Flamengo. A concordância da diretoria vascaína de atuar no estádio também tem relação com as rendas maiores obtidas no estádio em comparação com Engenhão, mesmo com o excesso de descontos.

Diante desses fatores, será difícil a Ferj impor o estádio do Botafogo para as finais do Estadual como chegou a ameaçar em nota. Sua posição tem como objetivo obrigar o consórcio a fechar um contrato com a federação, e não diretamente com os clubes. Mas, com a Globo a favor do Maracanã, a entidade terá um sério obstáculo para tirar as decisões do estádio.

Fonte: Blog do Rodrigo Mattos - UOL