Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

GOTTARDO REBATE JEFFERSON: ‘FOI COVARDE E TEM FALHA NO CARÁTER’

0 comentários

Compartilhe

A crise no Botafogo piora a cada minuto. Após Jefferson fazer duras críticas a Wilson Gottardo, o diretor de futebol rebateu o capitão do Alviengro pouco depois. O dirigente negou ter sido desleal com o goleiro e atacou na mesma moeda: “Tem falha no caráter”. O cartola deu sua versão do ocorrido ates da partida com o Santos e taxou a ausência do jogador no duelo como covarde.

“Tudo ocorre por e-mail. Os funcionários do Botafogo são obrigados a verem os e-mails. Todos. O atleta foi comunicado. Eu analisei o calendário da CBF, vi que o voo era em São Paulo e fiz a programação. Ele tinha que ir ao hotel. Foi um ato de covardia de não querer jogar contra o Santos, pois era um jogo difícil. Vou falar de coisas que eu vi e avaliei pessoalmente. Não vou falar de coisas de outras gestões. Mas de coisas de que eu vi. Sou uma pessoa de atitude, de coragem. E vou sempre levar dessa forma. É o legado que posso deixar para minha família”, rebateu o dirigente em entrevista ao Fox Sports.

Gottardo não mediu as palavras e disse que Jefferson tem uma falha no caráter. E esse foi o motivo para que o dirigente explicasse o porquê de descartar uma punição para o goleiro. Segundo o dirigente, o capitão é importante para o Alvinegro, que seria punido caso alguma medida fosse tomada.

“Não vou pedir punição nenhuma, pois vou punir o Botafogo. Questiono o caráter dele, ele tem uma falha no caráter. Falou de mim sem me conhecer. Não sou baba ovo de nenhum atleta. Trato com seriedade. Jefferson não tem nenhum privilegio comigo e por isso não devo ser do agrado dele”, completou o dirigente.

O dirigente do Botafogo lembrou ainda de uma declaração de Jefferson que apenas jogadores e comissão técnica estavam unidos, descartando a diretoria. Gottardo revelou na oportunidade, que o goleiro mandou uma mensagem logo em seguida dizendo que as declarações não tinham nada a ver com ele.

“Depois que ele falou isso, me mandou uma mensagem dizendo que não tinha nada contra mim. Aí vem e fala que fui desleal? Não tenho um relacionamento de amizade com ele, mas seremos ainda mais profissionais de agora em diante. Não quero apertar mais a mão do seu Jefferson”, acrescentou.

E o dirigente comentou ainda sobre o futuro de Jefferson. Ambos têm contrato até o fim de 2015 e prometem ficar no Botafogo. Gottardo disse que acredita que o goleiro jogará os próximos dez jogos, mas deixa em aberto sua continuidade para a próxima temporada.

“Ele tem contrato até o fim de 2015. Primeiramente temos que pensar nesses próximos dez jogos. Depois ninguém sabe o que acontecerá. Sabemos que ele é assediado por vários clubes. Da Europa e até mesmo do Brasil. Não sei se negocia, comigo não chegou nada. Mas sabemos que é muito assediado”, concluiu.

Comentários