A derrota por 2 a 0 do Botafogo para o Atlético-PR, no Estádio Raulino de Oliveira, não foi bem absorvida pela torcida. Cerca de 15 alvinegros, segundo a Rádio Tupi, esperaram os jogadores após a partida para protestar e hostilizar, em clima tenso.

Os mais criticados foram o presidente Mauricio Assumpção, o meia Carlos Alberto e o atacante Jobson. Dankler pediu paciência.

– Vamos vencer o clássico (contra o Fluminense), o Figueirense e vamos sair dessa situação – afirmou Dankler aos torcedores, segundo o site “Globoesporte.com”.

Fonte: Redação FogãoNET