Neville Proa, dono da empresa Viton 44, afirmou que o Botafogo vai ficar sem estampar uma das marcas de seus produtos enquanto não for resolvido o problema de penhores do clube. Por isso, um adesivo promovendo o sócio torcedor pôde ser visto no uniforme dos atletas no empate por 2×2 contra o Volta Redonda, na noite da última quarta-feira.

A fim de evitar problemas para o pagamento da folha salarial do elenco, o departamento jurídico já busca uma alternativa para solucionar o caso. Recentemente, o clube voltou ao ato trabalhista por sofrer penhoras por conta de questões financeiras.

No fim do ano passado, Neville Proa já havia dado seu posicionamento acerca da questão financeira do Botafogo. A empresa afirmou que desejava ver o seu dinheiro aplicado diretamente ao clube.

O Botafogo volta a campo no próximo sábado contra o Bonsucesso, às 17h, no Engenhão. A camisa do Alvinegro deve seguir estampando a marca do projeto sócio-torcedor.

Fonte: Site da Rádio Tupi