Vaiado pela torcida, que pede sua saída do comando do Botafogo, o técnico Eduardo Hungaro fez duras críticas à atuação de sua equipe na goleada sofrida para o San Lorenzo por 3 a 0, nesta quarta-feira, que eliminou o time na Libertadores. Hungaro classificou o rendimento do Botafogo como ‘inaceitável’.

– A equipe não esteve em campo. Inaceitável o rendimento. Surpreendente. Houve também mérito do San Lorenzo, que entrou muito bem decidido, buscou o tempo todo o ataque, nos empurrou para trás. Não tivemos saída de bola, poder de marcação. Foi um jogo em que realmente o rendimento foi, além de surpreendente, inaceitável – disse.

Fonte: Redação FogãoNET