Dois mil e dezoito não vai ser fácil… Após derrotar a Chapecoense no meio de semana, o Botafogo voltou à dura realidade e foi superado com facilidade pelo Internacional por 3 a 0 na tarde deste domingo, no Beira-Rio, em Porto Alegre. O Glorioso segue na décima posição do Campeonato Brasileiro, com 20 pontos, mas colecionou a terceira derrota em quatro jogos sob o comando de Marcos Paquetá.

A impressão que passou no início era até de que o Botafogo poderia sair com um bom resultado do sul, mesmo repleto de desfalques. O Botafogo começou bem, teve chapéu de Renatinho em Patrick, cabeçada perigosa de Aguirre… Mas o Internacional, sempre que chegava na frente, levava perigo. Saulo dava alguns sustos, e William Pottker acertou a trave, dando um aperitivo do que seria o jogo dali para frente.

O Inter continuou assustando mais. Emerson Santos, ex-Botafogo, quase fez valer a “lei do ex” e perdeu boa chance, de cabeça. Depois, Saulo defendeu chute de Nico López. Aí o Inter foi mais letal, aproveitando sempre falhas da defesa alvinegra. Aos 27, Marcinho errou o tempo da bola e Pottker acertou o chute: 1 a 0. Depois, aos 44, Igor Rabello tentou sair jogando de forma bisonha, Luis Ricardo foi marcar na meia-lua o cruzamento e Pottker, completamente livre, fez o segundo, em chute cruzado.

No segundo tempo, o Internacional controlou o jogo e o Botafogo não conseguiu nem esboçar reação. Aos 12 minutos, mais um erro alvinegro e mais um gol colorado: Moisés foi tentar evitar o lateral e deu no pé do adversário, Nico López e Patrick tabelaram e Leandro Damião, livre dentro da pequena área, só empurrou para fazer 3 a 0.

O Botafogo só tentou depois em chutes de fora da área de Aguirre e Renatinho, e o Inter segurou a vitória. Agora, o Fogão muda a chave e passa a pensar na Copa Sul-Americana: quarta-feira, o Glorioso vai até Assunção enfrentar o Nacional-PAR, às 19h30, pelo jogo de ida da segunda fase. No Campeonato Brasileiro, o próximo compromisso será sábado, às 16h, contra o Santos, no Estádio Nilton Santos.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 3 X 0 BOTAFOGO

Estádio: Beira-Rio
Data-Hora: 29/07/2018 – 16h
Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Renda e público:  R$ 753.455,00 / 25.770 pagantes / 29.351 presentes
Cartões amarelos: Rodrigo Dourado (INT); Brenner e Gilson (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: William Pottker 27’/1ºT (1-0), William Pottker 44’/1ºT (2-0) e Leandro Damião 12’/2ºT (3-0)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Zeca (Fabiano 20’/1ºT), Emerson Santos, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson e Nico López; William Pottker (Lucca 41’/2ºT), Patrick e Leandro Damião (Álvez 31’/2ºT) – Técnico: Odair Hellmann.

BOTAFOGO: Saulo; Luis Ricardo, Carli, Igor Rabello e Moisés (Gilson 19’/2ºT); Jean, Matheus Fernandes, Marcinho (Brenner 13’/2ºT) e Renatinho; Luiz Fernando (Leo Valencia 24’/2ºT) e Aguirre – Técnico: Marcos Paquetá.

Fonte: Redação FogãoNET