Internacional descarta liberar Cesinha ao Botafogo antes do fim do ano

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Cesinha - Internacional
Arquivo pessoal

No começo desta semana, a Revista Colorada informou, com exclusividade, que o Botafogo buscava contratar o meia Cesinha antes de novembro.

A ideia é inscrever o jogador no Brasileirão desta temporada. Para isso, o meia precisaria ser reforço do time carioca antes que se encerra o período de inscrições para a competição nacional.

Mochilas, bolsas e carteiras da coleção FogãoNET da Estilo Piti

Membro do Conselho Gestor de Futebol do Botafogo, Manoel Renha afirmou que aguarda o estafe de Cesinha, Sandro Becker, tentar a sua liberação imediata, uma vez que o Inter já se manifestou informando que o atleta não seguirá em 2021.

“Se for liberado o TAC (Três Passos) me avisa. No momento temos que respeitar o contrato que existe”, afirmou ele o dirigente do Botafogo ao blog.

Porém, o Internacional não pensa em liberar o meia antes de dezembro sem receber uma contrapartida. A informação foi passada à Revista pela direção colorada na sexta-feira.

Assim, hoje a tendência é que Cesinha, pelo menos por momento, siga no Inter. Mesmo se não puder contar com o meio-campista de 19 anos já, o Botafogo, através de Renha, admite esperar para tê-lo em 2021.

Do Três Passos, o time carioca vendeu recentemente o atacante Luis Henrique, que também teve passagem pelo Colorado. O jogador foi negociado com o Olympique de Marseille, da França, por cerca de 12 milhões de euros.

Para ficar com Cesinha ao final do ano, o Inter teria que desembolsar 800 mil reais, adquirindo 50% do seu passe. Porém, o clube gaúcho já informou, através do vice-presidente Alexandre Chaves Barcellos, que não fará esse investimento.

Fonte: Revista Colorada

Notícias relacionadas