O técnico Jair Ventura fez questão de enfatizar: não vai reclamar da arbitragem da derrota de 1 a 0 para o Vasco, na noite deste sábado, no Maracanã, em jogo da 28° rodada do Campeonato Brasileiro. São pelo menos duas polêmicas. O Botafogo reclama de um pênalti (bola na mão) de Madson, e de um toque na mão de Nenê, autor do gol, no tento vascaíno.

– Vou seguir minha linha de não reclamar de arbitragem. Eu nem tinha o recurso da TV. Só vi os meus jogadores reclamando. Explicar uma derrota é sempre complicado. Um jogo truncado, com poucas oportunidades. O Botafogo com mais posse, mas sem chance clara. O Vasco teve um bom chute de fora da área e o gol. Clássico é decidido em poucos detalhes – opinou o técnico do Botafogo.

A respeito das muitas chances criadas pelo Botafogo, o técnico preferiu também isentar os seus jogadores pela falta de gols. Ele foi além e chamou a responsabilidade da derrota para si.

– A gente trabalha em um esporte coletivo e não gosto de expor meus jogadores. Vamos ver o jogo depois e analisar. Não tem culpado e vilão. É sempre bom ganhar todo mundo. O culpado sempre serei eu, que escalo o time – finalizou o treinador do Glorioso.

Fonte: Terra