Destaques do Botafogo na temporada, o goleiro Jefferson e o zagueiro Dória convivem nos últimos dias com assédios de clubes interessados na tentativa de tirá-los de General Severiano. A disposição dos postulantes impressiona os dirigentes alvinegros. No entanto, os cartolas estão convictos na permanência da dupla para 2014.

A confiança tem origem específica no fato de o clube disputar a Copa Libertadores da América, algo que não acontece desde 1996. Os atletas participaram do projeto que montou o time atual e já manifestaram o desejo de jogar o torneio continental.

Outro aspecto favorável ao Botafogo está ligado aos altos valores das multas rescisórias dos defensores. Sondado por clubes como Napoli-ITA e Juventus-ITA, o zagueiro Dória foi rapidamente protegido pelo Botafogo ao renovar o contrato.

Ele estendeu o vínculo até 2017 e aumentou a multa para cerca de R$ 60 milhões. O procedimento da diretoria também foi adotado no caso de Jefferson. Assim que renovou o compromisso, o goleiro viu o valor da multa rescisória fixar-se em mais de R$ 20 milhões.

O principal interessado em Jefferson é o Internacional de Porto Alegre. O clube pretende encontrar um homem de confiança para o setor. Porém, reconhece que será muito difícil tirar o goleiro de General Severiano, local no qual goza do status de ídolo e atua como um dos donos do time.

Apesar das ameaças de perdas, o Botafogo também busca se reforçar. Após a chegada de Jorge Wagner, um goleiro pode ser contratado para compor o elenco. Aos 22 anos, Helton Leite, do Criciúma, tem boas chances de acertar. O objetivo da diretoria é aumentar o número de opções, já que pretende escalar times diferentes nas disputas da Libertadores e do Carioca.

Fonte: UOL