O goleiro Jefferson pode passar por uma cirurgia na cartilagem da tireoide. Além de ter afundado o tórax e ter perdido dois dentes em disputa de bola com Lucas Paquetá, do Flamengo,, o jogador do Botafogo teve uma fratura no local. O médico Otorrino Augusto César, em entrevista à Rádio Globo, comentou que o arqueiro poderá passar por um procedimento médico mais detalhado.

– A previsão de alta seria entre terça e quarta-feira, mas mudou. Ele teve uma fratura na cartilagem da tireoide e próximo a essa região, passa um nervo chamado de laríngeo, que ajude a pessoa a falar e articular a corda vocal a movimentar. Durante um exame que fizemos hoje, o Jefferson apresentou um grande edema nessa região e dificuldade de fala. Deixamos ele internado para avaliar o processo respiratório dele. Ele precisa respirar bem. Ele está com colete cervical, tomando medicamentos e fará uma nova tomografia para avaliar a evolução – disse.

Além disso, o médico afirmou ser uma lesão atípica em jogadores de futebol e não descartou um procedimento cirúrgico para corrigir a fratura em Jefferson.

– Nunca vi essa lesão em atleta. É comum em acidente automobilístico, quando o pescoço vai de encontro ao volante. Prefiro aguardar para definir o que faremos. Meu pensamento de cirurgia é pequeno, mas se for necessário, faremos. Até sexta-feira, vamos decidir. A dificuldade respiratória que ele tinha e dor já não existem mais, mas ele tem dificuldade de fala. As cordas vocais precisam movimentar e uma entrar em contato com a outra, mas uma delas está com uma paralisia traumática – avisou.

Para finalizar, o especialista também deu um prazo para um possível retorno de Jefferson, caso tenha necessidade de cirurgia.

– Normalmente esse tipo de cirurgia que já operei, há necessidade de 25 a 35 dias para voltar a treinar. É uma região muito sensível, onde fala, respira… Tem que ter cuidado – finalizou.

Fonte: Terra e Rádio Globo