O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, prometeu apresentar uma proposta oficial para manter Jefferson no elenco em 2015. No documento, o clube definiu como a dívida de R$ 2 milhões com o goleiro será paga e apresentou uma oferta de renovação até dezembro de 2017, quando chegará ao fim a sua gestão. O empresário do atleta, Gerson Sá, admitiu ter o documento em mãos e agendou uma reunião com o Alvinegro até o fim dessa semana, quando o elenco se reapresentará.

O estafe de Jefferson ficou animado com o fato de o Botafogo ter cumprido o prometido e entregue a proposta rapidamente. Inicialmente, os empresários gostaram do que está no papel, mas alguns pequenos ajustes precisam ser feitos, o que ocorrerá na reunião ainda sem data prevista. Existe pressa para o encontro já que a reapresentação do elenco será nesta quinta-feira.

Na última segunda-feira, Jefferson anunciou que não se reapresentaria juntamente com seus companheiros se o Botafogo não apresentasse uma proposta de como o clube quitará a dívida de R$ 2 milhões, criada em 2014 por conta de salários atrasados.

O presidente Carlos Eduardo Pereira, por sua vez, já sabe como vai quitar a dívida e espera o desbloqueio de uma verba por parte da Justiça, o que deverá ocorrer nos próximos dias já que o Botafogo voltou ao Ato Trabalhista.

Mesmo com a informação, os empresários de Jefferson queriam que isso fosse colocado no papel, o que ocorreu nesta terça-feira. Assim, o acerto entre jogador e Botafogo ficou ainda mais próximo de um final feliz.

Fonte: UOL