Após duas cirurgias para tratar uma rara lesão no tríceps e quase um ano sem jogar, Jefferson se recupera bem físca e mentalmente. O goleiro do Botafogo já voltou ao treinos e admitiu que antes tinha certo temor.

– Foram tempos difíceis durante esse processo de recuperação da lesão. Tive dias complicados, tristes, sem conseguir fazer o que eu mais amo que é jogar futebol. Depois que a primeira cirurgia não teve o resultado que esperávamos, logicamente que bateu um medo e uma incerteza sobre o meu futuro – afirmou Jefferson, ao site “UOL”, antes de falar da recuperação.

“Felizmente, com um novo procedimento realizado no local, as coisas começaram a andar da forma como planejamos e a confiança na recuperação vem crescendo a cada dia. O apoio da família nesse momento foi primordial para que eu pudesse superar esse momento de tristeza e que voltasse a sonhar com grandes momentos com a camisa do Botafogo e, quem sabe, da seleção brasileira”, completou.

A previsão é que Jefferson retorne aos gramados a partir de maio. Fora da fase de grupos da Libertadores, ele comemorou a classificação e parabenizou o elenco.

Fonte: UOL