Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

X

Escudo Botafogo
BOT

Carioca

02/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

0

X

0

Escudo Nova Iguaçu
NOV

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

4

X

0

Escudo Macaé
MAC

Jogadores do Botafogo rasgam elogios à torcida na Arena, o alçapão da Ilha

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Se o Atlético-MG tem o temido Horto, onde “caiu, está morto”, o Botafogo apresentou ao adversário o alçapão da Ilha do Governador. Em jogo com recorde de público (13.306 pagantes e 14.595 presentes) e de renda (R$ 359.455,00) no Estádio Luso-Brasileiro, o alvinegro carioca ganhou de 3 a 2 e chegou à quarta vitória seguida, em 5º lugar no Brasileiro. Os jogadores foram unânimes em festejar a torcida, ao final da partida deste domingo.

– Essa torcida merece. Jogo sofrido, como todo botafoguense gosta. Estamos indo para onde o Botafogo merece estar, lá em cima. Não acabou, vamos ver o que conseguimos até o fim do campeonato – disse o goleiro Sidão.

Na zona de classificação para a Copa Libertadores do ano que vem, o Botafogo deu mais uma lição de superação contra o Atlético-MG.

– Não tem explicação. É a vontade, a determinação de toda equipe. Isso mostra a força que temos. Não existe nada melhor que ganhar com o apoio da torcida. Entro em campo com a camisa do Botafogo e dos torcedores – celebrou Rodrigo Pimpão.

Bruno Silva, autor do primeiro gol, que gerou polêmica, devido a um toque de bola no braço, resumiu:

– É um time que não desiste, nunca desistiu. Quando a torcida apoia, a gente fica forte. Temos aquele gás a mais.

O terceiro e decisivo gol foi de Dudu Cearense, que entrou no intervalo, em lugar de Airton, lesionado, e marcou de cabeça, aos 45 minutos.

– Fazer um gol é maravilhoso. Disputei vários anos de Champions (Liga dos Campeões da Europa), agora quero a Libertadores. Sonho está muito vivo, mas com os pés no chão – comentou o meia.

O próximo jogo é contra o Santa Cruz, no Estádio do Arruda, em Recife, na quarta-feira que vem.

– A recompensa vem. É comemorar hoje, e amanhã concentrar para quarta-feira e vencer o Santa Cruz lá fora – destacou Neilton.

Notícias relacionadas
Comentários