Expulso na derrota de 2 a 0 para o Atlético-PR, no último sábado, o lateral-esquerdo Junior Cesar pediu desculpas aos torcedores nesta segunda-feira, quando o Botafogo iniciou a semana de treinos para a partida contra o Fluminense, no sábado.

O jogador disse que não teve a intenção de acertar uma cotovelada em David, mas que mesmo assim assume a responsabilidade.

– No vestiário, conversei com o Vagner Mancini e com toda a comissão técnica e meus companheiros. Não tive a intenção de agredir o jogador do Atlético, mas eu fui expulso. Por isso assumo a responsabilidade e peço desculpas – disse Junior Cesar.

O lateral-esquerdo disse que está há duas noites sem dormir por saber que não vai enfrentar o Fluminense e assim ajudar o Botafogo na luta contra o rebaixamento.

– Aconteceu uma coisa comigo hoje que não falei para ninguém. Tive um momento de choro em casa, quando pensei na situação que o Botafogo se encontra. Me identifiquei muito com o clube e tenho que ainda temos chances de evitar a queda – completou o lateral.

Sem vencer há duas rodadas, o Botafogo segue com 33 pontos. Com a derrota para o Atlético-PR, o risco de rebaixamento subiu para 81%.

Fonte: Extra Online