Ainda em reconstrução após a queda para a Série B do Campeonato Brasileiro, o Botafogo não poderia esperar um começo de temporada melhor. Líder ao somar cinco vitórias e um empate até o momento na Taça Guanabara, o Alvinegro acumula o melhor início de Campeonato Carioca dos últimos quatro anos.

A última vez que o Glorioso havia chegado aos 16 pontos nas seis primeiras rodadas aconteceu em 2011, ano em que o Flamengo acabou sendo campeão estadual.

Na avaliação do técnico René Simões, o Botafogo, mesmo com um elenco completamente reformulado, já criou sua identidade.

“A equipe está montada. Existe um esboço e o princípio dos jogos estão caracterizados por eles. Agora posso ter bons problemas, como o Luis Ricardo, que já foi inscrito, e o Pimentinha, que vai ser inscrito para o próximo jogo”, ressaltou o treinador.

René tem tido toda uma preocupação para elevar a autoestima dos alvinegros e manter uma conexão entre time e torcida. No último sábado, após a vitória de virada por 2 a 1 sobre o Nova Iguaçu, no Engenhão, ele fez questão de reunir os jogadores no centro do gramado e, com todos de mãos dadas, saudou os pouco mais de 12 mil presentes.

Preocupado em manter o grupo coeso e unido, o treinador tem tratado de colocar panos quentes em discussões dentro de campo, como aconteceu entre o atacante Bill e o meia William Arão.

“Já vi muitas vezes minhas três filhas discutindo, por exemplo. É normal. O que não é normal, às vezes, é como você expressa a atitude. Cobrei do Bill como cobrei do Thiago Carleto no jogo passado. O que não aceito é a atitude de partir para cima do outro. Isso não faz parte”, disse.

No próximo domingo, o Botafogo terá sua primeira grande prova de fogo, quando realizará o clássico contra o Flamengo, às 16h, no Maracanã.

Fonte: UOL