O Botafogo foi eliminado nos pênaltis pelo Bahia na Copa Sul-Americana. No elenco existem dois goleiros especialistas no assunto. Jéfferson, com lesão no tórax e nas cordas vocais, está fora de combate e isso não permite discussões. Já o paraguaio Gatito Fernández, que operou o punho direito ainda no primeiro semestre, tinha previsão de volta após a Copa do Mundo, porém, permanece de fora.

Nas últimas semanas o jogador esteve cotado para voltar ao time diversas vezes, mas o retorno ficava sempre para o próximo compromisso. Chegou a ser quase relacionado para o empate por 2 a 2 com o São Paulo, no fim de semana, porém, mesmo com três dias a mais de preparação, permaneceu de fora do jogo contra o Bahia. Saulo, que vem atuando, até defendeu um pênalti, mas acabou vendo o arqueiro Douglas, do time baiano, levar a melhor, defendendo dois chutes.

Internamente existe uma grande insatisfação com o departamento médico. Aos jornalistas, fica a dúvida sobre os reais motivos que levam a não utilização do jogador, já que nos treinos Gatito agarra bolas, se joga no chão, se choca com a bola e não sente dores, dando a impressão de estar totalmente recuperado.

Sem utilizar o jogador, o técnico Zé Ricardo teve que explicar a situação após o jogo contra o Bahia, mas deixou claro que a decisão não passa pela sua cabeça apenas.

“Eu fico na expectativa de o Gatito voltar assim como o nosso torcedor. Trata-se de um grande goleiro e que pode nos ajudar muito. Mas ele não se recuperou ainda cem por cento e por isso ficou de fora, mesmo sendo um especialista em cobranças de pênaltis. Mas é uma posição que exige muito da confiança do próprio atleta, tem que se sentir totalmente apto”, avisou Zé Ricardo.

Atualmente, além de Saulo, o Botafogo conta para o gol com Diego Loureiro, que chegou a ser titulares em algumas ocasiões, mas que falhou na derrota de 2 a 1 para o Bahia no confronto de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

A próxima oportunidade de Gatito voltar ao time do Botafogo será o clássico contra o Vasco na próxima terça-feira, às 21h(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, o plantel trabalha na parte da tarde e começa a preparação para esta partida.

Fonte: Gazeta Esportiva