Lizio comemora com Núñez o gol da vitória alvinegra em São Januário (FOTO: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)Lizio comemora com Núñez o gol da vitória alvinegra (FOTO: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Depois de uma boa estreia, com vitória sobre o Bangu, o Botafogo apresentou um futebol um tanto quanto confuso e sem inspiração, mas conseguiu o segundo triunfo no Campeonato Carioca ao bater a Portuguesa por 2 a 1, na noite desta terça-feira, em São Januário. Se o argentino Núñez foi o destaque na abertura, o conterrâneo Lizio (naturalizado boliviano) foi o herói da noite, marcando o gol da vitória aos 40 minutos do segundo tempo, em sua estreia em jogos oficiais com a camisa alvinegra.

Gegê abriu o placar aos 42 minutos do primeiro tempo, e Rafael Paty igualou aos 17 do segundo. Luis Ricardo ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti, aos 11 minutos, quando o marcador ainda estava fechado. Yacaré Núñez teve a chance de recolocar o Botafogo na frente, mas completou de letra passe de Airton e parou na grande defesa do goleiro Márcio, aos 34 minutos da etapa final. No fim, coube a Lizio completar passe de Diogo Barbosa e decretar a vitória do Fogão.

Com seis pontos na classificação e 100% de aproveitamento, o Glorioso volta a campo agora apenas na Quarta-Feira de Cinzas para encarar o Macaé, às 19h30, no Estádio de Los Lários, em Xerém.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 1 PORTUGUESA

Local: São Januário
Data-Hora: 2/2/2016 – 20h30
Árbitro: Luis Antônio Silva dos Santos (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (RJ) e Rafael Gomes Rosa (RJ)
Renda e público: R$ 27.850,00 / 1.273 pagantes / 1.477 presentes
Cartões amarelos: Cássio, Pessanha, Belarmino, Allan Miguel e Gilcimar (POR)
Cartões vermelhos:
Gols: Gegê 42’/1ºT (1-0), Rafael Paty 17’/2ºT (1-1) e Lizio 40’/2ºT (2-1)

BOTAFOGO: Jefferson; Diego (Lizio 20’/2ºT), Renan Fonseca, Emerson e Diogo Barbosa; Airton, Rodrigo Lindoso, Luis Ricardo, Gegê e Núñez (Marcinho 43’/2ºT); Luis Henrique (Ribamar 20’/2ºT) – Técnico: Ricardo Gomes.

PORTUGUESA: Márcio; Belarmino (Adriano 37’/2ºT), Pessanha, Allan Miguel e Diego Maia; Silvano, Victor Hugo, Alex Carioca e Cássio (Gilcimar – Intervalo); Allan e Rafael Paty (William 29’/2ºT) – Técnico: Gaúcho.

Fonte: Redação FogãoNET