Após a derrota para o Cruzeiro, por 2 a 1, no Mineirão, pela 32ª rodada do Brasileirão, o treinador Vagner Mancini falou sobre Carlos Alberto e Jobson. Antes de chegar ao Botafogo, o meia estava inativo por 7 meses por causa do caso de doping no Campeonato Carioca. No time Alvinegro, o atleta jogou em 11 partidas, mas foi contra a equipe Mineira, que atuou pela primeira vez os 90 minutos. O comandante elogiou bastante o meia e acredita que fará a diferença para passar confiança aos outros companheiros.

“O Carlos Alberto é um cara que se envolve demais com tudo. É um dos pilares do grupo, tem ajudado bastante, a simplicidade dele faz com que todo mundo acredite muito no que ele já viveu no futebol e tenta passar. Tenho certeza que ele e alguns outros vão saber como injetar o ânimo nesses meninos, porque é um elenco que mescla jovens e alguns mais experientes.” – afirmou o técnico

Vagner Mancini demonstrou que para a próxima partida, contra o Atlético-PR, sábado(08/11), às 21h, no Raulino de Oliveira, deverá colocar Jobson como titular. Na partida contra a Raposa, o jogador entrou no decorrer do jogo e foi bem.

“Diante do que o Jobson mostrou hoje, sim. Ele ficou um período inativo, isso atrapalha, entrou duas partidas, não teve um bom desempenho, hoje entrou bem melhor, foi quem mais levou perigo ao gol do Fábio, então talvez tenha chegado o momento dele de novamente entrar na equipe.”- disse o treinador

O Glorioso se encontra na zona de rebaixamento, na 18ª posição, com 33 pontos.

Fonte: Site da Rádio Tupi