O técnico Vagner Mancini começou a desenhar o time que enfrenta o Internacional, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Insatisfeito com o desempenho da estreia – derrota por 3 a 0 para o São Paulo –, o treinador fez três mudanças na equipe durante atividade tática na tarde desta quinta-feira. Emerson Sheik e Zeballos formaram um novo ataque e barraram Tanque Ferreyra e Wallyson.

Além da dupla ofensiva, o Alvinegro deverá ter outra novidade em duelo contra o Colorado, às 16h do próximo domingo. O lateral direito Edilson foi para o time reserva no treinamento e deu lugar a Lucas.

Pela esquerda, o lateral Julio Cesar não treinou por causa de um torcicolo. O jovem Fabiano – volante de origem – ganhou oportunidade no time titular, mas não deve ser aproveitado. O reserva imediato é Junior Cesar, que está em fase final de recuperação de lesão no joelho direito. O ex-jogador do Atlético-MG correu em volta do gramado nesta quinta.

Este foi o primeiro ensaio de Mancini com as mudanças prometidas após a derrota para o São Paulo. Nos dias anteriores, o treinador preferiu observar mais uma vez a formação que entrou como titular no Morumbi.

Um time titular com novidades no ataque e o retorno de Lucas na lateral, porém, foi o grande destaque do trabalho desta quinta. Principal reforço para o Brasileirão, Emerson Sheik foi companheiro de Zeballos, que jogou o segundo tempo do duelo com o São Paulo.

A atividade comandada pelo técnico Wagner Mancini terminou empatada por 1 a 1. O primeiro gol foi marcado por Wallyson, que defendia o time reserva. Já o gol de empate foi marcado por Jorge Wagner, pelos titulares.

Sheik trabalhou no time titular, mas foi desfalque durante um período da atividade. Ele teve que deixar o gramado do campo anexo do Engenhão para que pudesse assinar documentação a ser enviada para a CBF. O Botafogo reúne papéis para poder regularizar o atleta para o jogo deste domingo, no Maracanã.

Fonte: UOL