Maraca: Bota tem porcentagem de lucro bem superior a Fla

Compartilhe:

Os números registrados no último domingo, contra o São Paulo, marcaram o maior público pagante (23.585) do Botafogo como mandante no Campeonato Brasileiro. E representaram outro ponto positivo para os alvinegros. Eles faturaram 49% da renda de R$ 1.002.085 do jogo no Maracanã. Coube ao clube o valor de R$ 490.420,36, descontadas despesas e a parte que cabe ao consórcio.

Botafogo lucra quase R$ 500 mil (Foto: Reprodução/Site da CBF)
Botafogo faturou 49% da renda do jogo contra o São Paulo (Foto: Reprodução/Site da CBF)

Proporcionalmente, é uma diferença considerável em relação ao acordo do Flamengo, que divide todas as despesas com o consórcio, inclusive o custo operacional do estádio no dia do jogo. Os rubro-negros, ao arcarem com esses gastos e ainda pagarem R$ 110.193,47 de penhora, ficaram com R$ 624.429,68 dos R$ 2.266.070 da renda da partida contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil. Representa 28% do total.

Na ocasião, o público pagante registrado foi de 47.103, o maior do estádio desde a reabertura para os clubes. A diretoria do Fla, inclusive, cogitou a possibilidade de não mandar mais jogos da Série A no local, muito por causa dos gastos operacionais, que são considerados altos pela cúpula rubro-negra.

Em nota oficial, o consórcio informou que havia aceitado adotar modelos distintos de parceria com os clubes. No caso do Flamengo, são divididas igualmente receitas e custos de todo o estádio. Como comparação: contra o São Paulo, no Mané Garrincha, o clube ficou com R$ 1.149.056.27 da renda de R$ 2.713.965, o equivalente a 42%. Na ocasião, foram descontadas despesas e penhora (R$ 202.774,64).

O Botafogo adota um modelo semelhante ao do Fluminense, não prevendo a divisão de despesas gerais. Por outro lado, os dois clubes ficam com a arrecadação apenas dos setores atrás dos gols, nos quais são responsáveis pela venda de ingressos (num máximo de 43 mil). Para o Flamengo, a divisão de arrecadação vale para todos os setores, incluindo os laterais, mais caros.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários