O lateral-esquerdo Marcelo, titular absoluto do Real Madrid desde a saída do ídolo Roberto Carlos, concedeu uma entrevista ao Globo Esporte, e revelou que se tiver a oportunidade de retornar ao futebol brasileiro, gostaria de vestir a camisa do Botafogo e do Fluminense, antes de encerrar a carreira.

“Se eu pudesse jogar nos dois, seria maneiro. Seria legal porque meu avô sempre foi botafoguense, minha família inteira também, e seu eu pudesse jogar no Botafogo seria legal. E no Fluminense também”, declarou o lateral.

Marcelo ainda falou sobre sua relação com o Tricolor das Laranjeiras, clubes que o revelou, e com o Botafogo, clube que torcia na infância.

“Guardo um carinho do Fluminense sim. Lá eles praticamente me deram tudo. Agradeço ao Fluminense e às categorias de base. Morei dois anos em Xerém, e minha base foi toda no Fluminense. Para mim foi muito bom, então”, disse o brasileiros que completou admitindo uma torcida pelo Fogão também.

“Então… Foi até bom você me perguntar, porque eu nasci na praia de Botafogo. Eu morava no prédio Rajah, e ali era uma concentração da torcida do Botafogo. Cresci ali, joguei bola minha infância inteira ali, então tinha um carinho especial pelo Botafogo. Tenho até hoje um carinho especial. Hoje meu time é Real Madrid. Mas eu torço para o Botafogo, torço pelo Fluminense também, e tenho carinho pelos dois times”, completou.

Apesar do desejo do lateral, esse sonho ainda está um pouco distante da realidade, já que seu contrato com o Real Madrid vai até 2020.

Fonte: Torcedores.com e Globoesporte.com