Segundo levantamento feito pelo site “Globoesporte.com”, o Botafogo foi o clube do Rio que mais aproveitou jogadores oriundos de sua categoria de base. Não à toa, foi disparado o melhor do seu estado no Campeonato Brasileiro, ao atingir a quarta colocação.

O Botafogo contou com 18 pratas da casa em seu elenco, contra 17 do Fluminense, 12 do Flamengo e nove do Vasco. O Glorioso também lidera quando se calcula a média de pratas da casa começando no time titular: 2,8. Atrás vêm Fluminense (2,3), Vasco e Flamengo (1,8 cada).

Em apenas uma rodada – na 22ª – o time de General Severiano não teve qualquer jogador formado no clube entre os 11 titulares.

Confira as médias dos cariocas no Campeonato Brasileiro:

BOTAFOGO

Pratas da casa no elenco principal: 18
Pratas da casa no time titular: 2,8 por partida
Pratas da casa em substituições: 1,1 por partida
Gols de pratas da casa: 8 de 55 (15%)

FLAMENGO

Pratas da casa no elenco principal: 17
Pratas da casa no time titular: 1,8 por partida
(Por técnico: 1,7 com Jorginho; 1,8 com Mano Menezes; 2,5 com Jayme de Almeida)
Pratas da casa em substituições: 1,2 por partida
(Por técnico: 0,5 com Jorginho; 1,5 com Mano Menezes; 1,2 com Jayme de Almeida)
Gols de pratas da casa: 2 de 43 (5%)

FLUMINENSE

Pratas da casa no elenco principal: 12
Média no time titular: 2,3 por partida
(Por técnico: 1,7 com Abel Braga; 2,3 com Vanderlei Luxemburgo; 3,4 com Dorival Júnior)
Pratas da casa em substituições: 1,7 por partida
(Por técnico: 1,6 com Abel Braga; 1,8 com Luxemburgo; 1,4 com Dorival Júnior)
Gols de pratas da casa: 12 de 43 (28%)

VASCO

Pratas da casa no elenco principal: 9
Pratas da casa no time titular: 1,8 por partida
(Por técnico: 1,2 com Paulo Autuori; 1,9 com Dorival Júnior; 2,3 com Adilson Batista)
Pratas da casa em substituições: 0,3 por partida
(Por técnico: 0 com Paulo Autuori; 0,3 com Dorival Júnior; 0,3 com Adilson Batista)
Gols de pratas da casa: 4 de 43 (9%)

Fonte: Globoesporte.com