Mesmo com ação contra o Bota, Túlio sonha voltar e fazer 1000º no clube em 2014

Compartilhe:

O Flamengo terá o ídolo Petkovic na briga pelo título do Campeonato Carioca de futebol 7, neste final de semana, contra o Botafogo. O rival alvinegro também poderia contar com a presença de um ícone à altura do sérvio rubro-negro, mas a participação de Túlio Maravilha teria sido barrada pelo Alvinegro. O jogador de 44 anos, que diz ter sido convidado pela Federação Carioca da modalidade para paricipar, desabafou sobre o suposto veto em sua conta pessoal em uma rede social. Posteriormente, em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM, ele lamentou a ausência contra o Rubro-Negro e disse que ficou surpreso. Apesar das críticas, o ex-atacante diz que não chegou a fazer contato com o mandatário da equipe de General Severiano, Maurício Assumpção.

– Como chamaram Petkovic para representar o Flamengo, me chamaram para defender o Botafogo, para ter mais visibilidade, chamar os torcedores e ter mídia. Estava tudo certo. Confirmei presença, mas quarta-feira me ligaram dizendo que não poderia participar porque o Maurício (Assumpção) vetou minha participação. Fiquei surpreso. É uma pena porque era uma oportunidade de estreitar nossa relação, matar a saudade dos torcedores vestindo a 7 alvinegra, que representou muito na geração de 1995, voltar ao Rio, o lugar onde sempre me dei bem. Eu não cheguei a falar com o Mauricio. Se ele teve essa atitude, tenho que respeitar, é claro. Eu sou só um ídolo que queria dar alegrias a todo mundo, dar autógrafos, fazer fotos com os botafoguenses. Mas eu não quero intrigas, isso não faz bem para ninguém, nem para mim, nem para ele. Todo mundo perde – comentou o ex-jogador.

Post Twitter Túlio Maravilha (Foto: Reprodução / Twitter)Túlio Maravilha desabafa sobre ‘veto’ do Botafogo no Futebol 7 (Foto: Reprodução / Twitter)

 

 

Apesar de se mostrar chateado com o fato de não poder atuar no final de semana, o ex-atacante demonstrou bom humor e até aproveitou para alfinetar o Flamengo.

– Eu já ia prometer gols, gol de título e tudo. Estava bastante animado para colocar a faixa de campeão, ainda mais em cima do Flamengo, ia ter um gostinho legal. Quem tem a perder são os torcedores, principalmente a garotada mais jovem. Eu acho que, depois do Jairzinho, sou o cara que mais representou em termo de marketing e títulos para o Botafogo – opinou.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o Botafogo alega não ter tomado esta decisão, já que a equipe de futebol 7 tem uma diretoria própria e é apenas uma parceria do clube.

Mesmo após entrar com ação judicial, Túlio não descarta voltar ao Alvinegro

Tulio Maravilha botafogo treino (Foto: Satiro Sodre / AGIF)
Túlio ainda sonha voltar ao Alvinegro (Foto: Satiro Sodre / AGIF)

Em busca do milésimo gol para se igualar à marca alcançada por Pelé, Friedenreich e Romário, Túlio firmou um acordo com o Botafogo no dia 27 de agosto de 2012 e chegou a retornar ao clube pelo qual marcou 159 gols em 223 jogos, de 1994 a 1996 e entre 1998 e 2000, mas a tentativa foi fracassada. Antes mesmo da interrupção do projeto do milésimo gol pelo Alvinegro, o ex-atleta entrou com um processo na Justiça do trabalho contra o ex-clube, pedindo uma indenização de R$ 1,5 milhão. Apesar da ação, ele mesmo admitiu que ainda sonha voltar ao time para fazer o gol 1000 em 2014.

– Eu sou um cara do bem, não sou radical, eu sou super flexível, um cara que é bom de papo, bom de acordo, não é porque estou com uma ação judicial contra o Botafogo que me impede de fazer o milésimo lá. Podemos muito bem contornar isso com diálogo. Quero me estreitar, não quero ter esse mal estar. Eu sou a cara do Botafogo, com certeza. Por isso minha opção de fazer o milésimo é pelo clube. Como o Botafogo está em uma reta final e precisa ganhar para chegar à Taça Libertadores, eu entendo. De repente, passando aí esse período, fica mais fácil, com um Carioca mais leve, mais solto, a Libertadores rolando. Minha ideia é essa mesmo, esperar até ano que vem – concluiu Tulio, que, segundo as próprias contas, tem 999 tentos na carreira.

Flamengo e Botafogo decidem o título do Campeonato Carioca de Futebol 7 em dois jogos. Neste sábado, às 10h, e no domingo, às 9h30m, na Vila Olímpica do Salgueiro, Zona Norte do Rio de Janeiro. A entrada é franca.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários