A bruxa está solta. O Botafogo corre contra o tempo para ter seus principais jogadores à disposição no duelo diante do Olimpia, nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, pela terceira fase eliminatória da Copa Libertadores.

Quem mais preocupa é o argentino Walter Montillo. Exames de imagem constataram uma lesão na coxa direita e o prazo costuma ser de dez dias para poder voltar. Ele sentiu a fisgada ao chutar uma bola no primeiro tempo do jogo com o Colo-Colo, no Chile.

Com dores na coxa direita, Camilo também não tem volta garantida, mas tem mais chances de jogar do que Montillo. Até mesmo Rodrigo Pimpão e o goleiro Gatito Fernández estão como dúvida, mas devem atuar nesta quarta-feira.

O site Globoesporte.com fez um balanço da situação de cada jogador:

Montillo
O argentino sentiu uma fisgada na coxa direita ao arriscar um chute de fora da área no primeiro tempo contra o Colo-Colo e foi até o fim no sacrifício. Ele retornou ao Rio de Janeiro com um incomodo e passou por exames de imagem. Foi diagnosticada uma lesão leve. Mesmo assim, geralmente o prazo mínimo para voltar a jogar é de dez dias. Montillo passa por tratamento intensivo.

Camilo
O camisa 10 começou a sentir dores na coxa no músculo adutor da coxa direita há cerca de dez. Exames, no entanto, não detectaram lesão. Ele viajou para o Chile, mas o incomodo aumentou e o tirou do jogo contra o Colo-Colo, na última quarta. Camilo também vem passando por tratamento intensivo para tentar estar em campo contra o Olimpia.

Gatito
O goleiro sentiu uma fisgada no treino de sábado e foi poupado do clássico. Sua presença contra o Olimpia ainda não é certa. No entanto, segundo Jair Ventura, ele mostrou evolução e treinou neste domingo.

Rodrigo Pimpão
O herói da classificação no Chile também retornou com dores de Santiago. A princípio, no entanto, ele não preocupa. No Nilton Santos para acompanhar o clássico, o atacante disse que estará em campo

Carli
A situação do argentino também é complicada. Ele sofreu uma contratura ainda na pré-temporada, no Espírito Santo, e não jogou neste ano. Na última sexta-feira, Carli foi liberado para iniciar a transição em campo. É improvável, no entanto, que ele participe do jogo contra o Olimpia.

Fonte: Globoesporte.com