Em caso de troca de clube, a multa rescisória prevista no contrato do holandês é de 3 milhões de euros. Mas, uma cláusula do documento prevê que, se quiser encerrar a carreira, Seedorf não precisa indenizar o Botafogo.

Fonte: Extra Online