Este ano há de ser nosso! Aquele Botafogo lutador, preciso, marcador, voltou com força total, e provou mais uma vez que pode fazer história sim. Atuando debaixo de chuva e muito frio no Gran Parque Central, o Glorioso derrotou o tricampeão Nacional-URU por 1 a 0, com gol marcado por João Paulo, e está próximo de eliminar mais um campeão e atingir as quartas de final da Copa Libertadores da América. Isso tudo diante de mil corajosos alvinegros presentes no acanhado estádio uruguaio.

João Paulo comemora seu gol pelo Botafogo contra o Nacional pela Copa Libertadores

Em boa hora! João Paulo marcou seu primeiro gol pelo Botafogo

Foi uma vitória com a cara do Botafogo. Aplicado na marcação, com a Estrela Solitária atuando forte. O Glorioso começou tomando sufoco, e aos 14 minutos o Nacional só não abriu o placar por um milagre. Após bola alçada na área, Silveira tocou para a área, a bola ficou quase na linha, Fernández tentou tocar nela e Gatito se jogou, evitando o gol. Aos 28, Victor Luis tentou jogar vôlei dentro da área, e o juizão não viu. Segue o jogo…

Aí, como tem acontecido na principal competição sul-americana, o Botafogo foi cirúrgico. Sr. Libertadores, Rodrigo Pimpão descolou um lindo lançamento da esquerda para Bruno Silva, o volante chutou errado, a bola bateu no zagueiro e sobrou para João Paulo, com um toquinho sutil por cima do goleiro, fazer seu primeiro gol com a camisa alvinegra: Botafogo 1 a 0, com 37 minutos. No fim do primeiro tempo, após pixotada de Emerson Silva, Silveira perdeu outra chance para os uruguaios. Ainda bem!

No segundo tempo, o Botafogo continuou guerreando e conseguiu segurar bem a pressão do Nacional-URU, sem sofrer maiores sustos. O Glorioso pode agora até empatar o jogo de volta, que será realizado apenas no dia 10 de agosto, às 19h15, no Estádio Nilton Santos, para chegar às quartas de final da Copa Libertadores e encarar Grêmio ou Godoy Cruz – no primeiro jogo, o time gaúcho venceu por 1 a 0 na Argentina.

Próximos jogos

Até lá o jogo de volta, o Glorioso terá jogos importantes para se recuperar no Campeonato Brasileiro e também na Copa do Brasil. O próximo compromisso será domingo, no Niltão, contra o Atlético-MG, às 19h, pelo Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
NACIONAL-URU 0 X 1 BOTAFOGO

Local: Gran Parque Central, em Montevidéu
Data-Hora: 6/7/2017 – 21h45
Árbitro: Julio Bascuñan (CHI)
Auxiliares: Christian Schiemann (CHI) e Carlos Astroza (CHI)
Renda e público: Não divulgados
Cartões amarelos: Polenta, Fucile e Romero (NAC); João Paulo e Bruno Silva (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: João Paulo 37’/1ºT (0-1)

NACIONAL-URU: Conde; Fucile (Kevin Ramírez 11’/2ºT), García, Polenta e Espino; Romero, Álvaro González e Carballo; Viudez (Ligüera 37’/2ºT), Fernández e Silveira (Diego Coelho 27’/2ºT) – Técnico: Martín Lasarte.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Arnaldo, Emerson Silva, Carli e Victor Luis; Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e João Paulo (Camilo 34’/2ºT); Rodrigo Pimpão (Guilherme 38’/2ºT) e Roger (Marcos Vinicius 47’/2ºT) – Técnico: Jair Ventura.

Fonte: Redação FogãoNET