Fonte: Twitter do repórter Wellington Arruda, da Rádio Opinião