Negociação com Romero esfria e Benfica volta a se interessar por Jefferson

Compartilhe:

O Benfica está a estudar todas as alternativas a Sergio Romero, que se encontra cada vez mais longe de ser o substituto de Jan Oblak na baliza da Luz. O guarda-redes argentino, de 27 anos, ainda é o alvo prioritário dos encarnados, mas, nos últimos dias, distanciou-se de tal forma que levou os responsáveis a virarem-se para outros nomes que têm em carteira.

 

São várias as possibilidades que existem, mas os responsáveis encarnados, caso avancem para outro guarda-redes, vão querer contratar alguém que ofereça garantias de ser titular. Thomas Kaminski, do Anderlecht, está de baixo de olho, mas seria sempre como segundo guarda-redes. Confirmando-se a desistência do Benfica em relação a Romero, as águias podem voltar-se, definitivamente, para o Brasil, país onde Jefferson (Botafogo) é um nome que agrada. Mas não o único.

 

Romero teve a transferência para Lisboa muito perto de ser acertada, mas nunca chegou a acordo com os encarnados. Tal como Record noticiou atempadamente, o jogador teria que responder ao esforço que o clube da Luz estava disposto a fazer, mostrando também vontade de baixar as pretensões salariais. O que não aconteceu.

 

Urgente

 

Como o nosso jornal noticiou ontem, o internacional argentino, que na Sampdoria tem um ordenado anual de 1,7 milhões de euros, não se aproximou das pretensões encarnadas e, face à concorrência que as águias enfrentam, chegou até a subir o que estava inicialmente falado.

 

Uma reunião em Milão, entre responsáveis do Benfica e da Sampdoria e Mino Raiola, empresário do guardião, não foi conclusiva, mas aproximou todas as partes. O entendimento entre clubes foi latente, até porque o argentino está a seis meses de ser um jogador livre. Porém, futebolista e águias não chegaram a acordar a forma de contornar o elevado salário de Romero.

 

Este é um dossiê que não está dado como encerrado na Luz, até pelas negociações que já ocorreram, mas as águias estão a precaver-se. A questão do guarda-redes é prioritária para Luís Filipe Vieira, que quer iniciar a época com esta questão resolvida.

 

PONTO DE SITUAÇÃO

 

Sergio Romero é o guarda-redes mais desejado pelo Benfica para render Oblak que, entretanto, foi transferido para o Atlético Madrid por 16 milhões de euros

 

A Sampdoria, que detém o passe do jogador, aceitou transferir o guardião por uma verba a rondar um milhão de euros. Contudo, o vencimento de Romero é um entrave

 

O argentino aufere 1,7 milhões de euros por época, um valor incomportável para os cofres encarnados. O acordo já esteve quase selado, mas surgiram complicações de última hora

Fonte: Record.pt

Comentários