No Botafogo, Oswaldo já contabiliza sete estreantes entre os profissionais

Compartilhe:

Os zagueiros Dória e Vinícius, os volantes Gabriel e Dedé, os meias Octávio e Gegê e o atacante Sassá. Esses jogadores fizeram suas primeiras partidas como profissionais entre 2012 e 2013 com a camisa do Botafogo. Todos sob o comando do técnico Oswaldo de Oliveira, que vem dando oportunidades recorrentes para jovens revelados no clube, com a ajuda de Eduardo Húngaro e Jair Ventura, que já comandaram o time sub-20 e são seus auxiliares.

Com exceção de Vinícius, que deixou o clube sem agradar depois de apenas um jogo no Brasileiro do ano passado, os outros são encarados como promessas. Alguns até são realidades, casos de Dória, Gabriel e Jadson, negociado em junho com o Udinese, da Itália.

O último destaque foi Gegê, de apenas 19 anos, criado nas categorias de base do clube. Ele marcou o primeiro gol na vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, domingo, no Maracanã, e deu o passe para o segundo, de Rafael Marques.

Gegê já disputou oito jogos com a camisa do Botafogo, sendo três deles como titular. No entanto, antes do clássico, só havia iniciado quando Oswaldo optou por poupar seus principais jogadores.

Estreante Jogos Gols
Dória 60 4
Vinícius 1 0
Gabriel 63 1
Dedé 2 0
Octávio 9 1
Gegê 8 2
Sassá 11 2

O primeiro gol de Gegê foi marcado na vitória por 3 a 1 sobre o Náutico, quarta-feira, em Recife. Os poucos minutos em campo e o desempenho nos treinamentos fizeram com que Oswaldo o escalasse como titular contra o Flamengo.

No embalo de Gegê, ainda há quem busque seu espaço, como Jeferson, que não conseguiu ter grandes chances no time, e Dedé, que começou a ser utilizado como opção no banco mais recentemente. Sassá já fez até gol em clássico, mas tem sofrido com a concorrência na posição.

Nessa lista de promessas não estão incluídos o lateral-direito Gilberto, o lateral-esquerdo Renan Lemos, o volante Jadson, negociado com o Udinese, e os meias Jeferson e Vitinho, que foi para o CSKA Moscou. Todos haviam feito suas estreias como profissionais em 2011, em uma derrota por 5 a 2 para o Boavista, quando o Botafogo optou por utilizar um time de juniores.

A expectativa, agora, é sobre a utilização de Gegê no jogo contra o Vitória, quinta-feira, em Salvador. O Botafogo poderá ter a volta de Lodeiro, que defende o Uruguai nesta terça-feira contra a Argentina, em Montevidéu, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários