Oswaldo adere à campanha por ‘devolução do Engenhão’

Compartilhe:

A campanha #EduardoPaesDevolvaNossoEstadio, criada pelos torcedores do Botafogo no Twitter, chegou ao Alvinegro. Após ficar entre os tópicos mais comentados da rede social na última segunda-feira, o assunto ganhou o apoio do técnico Oswaldo de Oliveira e do lateral esquerdo Julio Cesar.

Em coletiva na tarde desta terça-feira, Oswaldo de Oliveira apoiou a atitude dos torcedores do Botafogo e reclamou do tempo em que o Engenhão está fechado sem que nada tenha ocorrido até o momento. O estádio foi fechado no dia 26 de março por causa de problemas em sua cobertura.

O treinador, inclusive, relembrou o fato de o laudo da empresa alemã SBP dizer que a cobertura do estádio poderia cair com ventos acima de 63km/h. Oswaldo citou a ventania que assolou a cidade do Rio de Janeiro há duas semanas e cobrou mais velocidade no processo sobre a interdição do Engenhão.

“Faço coro com a torcida do Botafogo. Já devia ter tido uma definição, essa é minha opinião. É claro que não tenho argumento técnico nem conhecimento para entrar na questão. Mas se falou muito em princípio sobre a questão do vento de não sei quantos km/h, mas tivemos uma tempestade e há poucos dias e nada aconteceu. O estádio está parado e nada foi feito até o momento. Então eu faço coro com a torcida do Botafogo. Precisamos de uma definição imediata sobre esse assunto para  que o estádio seja reaberto ou que se inicie as obras de reparação. Isso é o mais importante nesse momento”, disse.

A iniciativa da campanha partiu de torcedores do Botafogo, que estavam insatisfeitos com a situação do Engenhão. Após ganhar destaque com repercussão na mídia, a torcida Loucos Pelo Botafogo aderiu, o que deu nova guinada.

Sem o Engenhão, o Botafogo tem mandado seus jogos em Volta Redonda, o que ocorrerá nesta quarta-feira, quando a equipe medirá forças com o Santos. A Prefeitura divulgará nesta quinta-feira maiores detalhes sobre os novos laudos e a previsão de quanto tempo o estádio permanecerá interditado.

Vale lembrar que há duas semanas o Botafogo emitiu um comunicado oficial através de seu site para apoiar a Prefeitura do Rio na decisão de interditar o Engenhão.

Fonte: UOL

Comentários