Oswaldo cita calma para segurar a vitória e exalta Seedorf

Compartilhe:

Ao contrário do que aconteceu no jogo contra o Flamengo, no último final de semana, quando o Botafogo recuou demais e acabou sofrendo o empate aos 49 minutos do segundo tempo, o Glorioso desta vez soube controlar o jogo e levar a vitória sobre o Vasco por 3 a 2 até o apito final do árbitro. O técnico Oswaldo de Oliveira reconheceu a melhora e elogiou Seedorf.

– Queria tirar o Seedorf, mas como ele é o cara que melhor segura a bola, fui arrastando isso até o final. Quando a bola batia no pé dele o jogo esfriava, ele conseguia segurar, chamava os companheiros e isso no final foi importantíssimo, ter a tranquilidade de não desperdiçar o passe, não oferecer a posse de bola ao adversário gratuitamente. Hoje a equipe conseguiu manter esse controle – observou.

Oswaldo elogiou a entrega dos jogadores do Vasco e a torcida vascaína, que incentivou seu time em praticamente todo o jogo, assim como fez a torcida do Botafogo no movimentado clássico no Maracanã.

– Não conseguimos controlar o ímpeto do adversário, contra o Flamengo foi a mesma coisa, a torcida se desdobra, os jogadores em campo se atiram, por isso o Vasco buscou o tempo todo e igualou o marcador. Despedriçamos várias vezes a oportunidade de fazer 3 a 0, depois 4 a 2, 5 a 2… Isso não aconteceu pelo empenho do Vasco, pela luta da torcida, que buscou o tempo todo igualar o entusisamo da nossa, o Vasco até se superou, eu acho – analisou.

Fonte: Redação FogãoNET

Comentários