Oswaldo crê em virada da torcida do Botafogo na reta final do Brasileirão

Compartilhe:

O relacionamento entre Botafogo e torcida durante a temporada vem sendo conturbado. Vaias e aplausos costumam determinar o sentimento que vem da arquibancada. Antes incontestável, até Seedorf já ouviu reclamações. O holandês, inclusive, disse que se houvesse mais apoio o time teria chegado mais longe.

No momento, essa situação se reflete na comparação entre a tabela de classificação e a da média de público pagante. O Botafogo está na segunda colocação em pontos, mas apenas na 12ª com relação aos torcedores, com a pior marca do Rio de Janeiro.

Mesmo assim, o técnico Oswaldo de Oliveira procura mostrar sua confiança na torcida. O Botafogo ainda terá três jogos como mandante no Campeonato Brasileiro e ele acredita em uma virada.

– Faltam sete rodadas e a média que valerá será a do último jogo. Podemos superar os outros três (clubes do Rio). Estamos lutando para isso e concentrados no que temos como objetivos. Na órbita, há uma série de coisas que interfere e o mais importante é a firmeza no objetivo – afirmou Oswaldo.

Entre os clubes do Rio de Janeiro, o Flamengo é o mais bem colocado, com média de 23.451 pagantes. O Fluminense está em oitavo, com 14.835, e o Vasco em nono, com 13.195. O Botafogo ocupa a 12ª posição, com 12.131.

Os dois próximos jogos do Botafogo serão como visitante, contra Goiás, domingo, no Serra Dourada, e Internacional. O time ainda joga no Maracanã contra Portuguesa, Atlético-PR e Criciúma.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários