Oswaldo deseja aumento, mas valor é negociável pela relação com o Botafogo

Compartilhe:

Além da contratação de alguns reforços pontuais e a permanência de certos atletas, o técnico Oswaldo de Oliveira – valorizado no mercado – também deseja um aumento salarial para ficar.

Contudo, este valor seria negociável pela vontade que o treinador tem de permanecer no Botafogo e na cidade onde nasceu.

Caso siga no comando, Oswaldo de Oliveira iniciará o terceiro ano consecutivo no Glorioso e será o único treinador do segundo triênio (2012, 2013 e 2014) do presidente Mauricio Assumpção.

Porém, se não chegar a um acordo com a diretoria alvinegra para seguir no cargo, Oswaldo não tem a intenção de assumir um outro clube no futebol brasileiro.

A princípio, a opção que mais agradaria ao técnico seria retornar ao Oriente Médio, onde trabalhou por muitos anos e mantém amizades até hoje.

Fonte: Lancenet!

Comentários