Oswaldo exalta ‘malandro’ Seedorf e torce por permanência

Compartilhe:

Seedorf não apareceu dando piques frenéticos, nem em divididas tensas, mas mostrou todo os eu talento em Volta Redonda na vitória por 3 a 0 sobre o CRB-AL, quarta-feira. Com canetas humilhantes, um chute na trave, passe para gol e jogadas de alta categoria, ajudou o Botafogo a se classificar para a terceira fase da Copa do Brasil, na qual terá o Figueirense como adversário.

Aos 37 anos, Seedorf parece jogar em outro ritmo. Sem correria e com extrema inteligência, se coloca em campo como poucos e procura sempre o caminho mais curto para realizar as jogadas. Assim, recebeu do técnico Oswaldo de Oliveira mais um elogio.

Seedorf jogo Botafogo CRB (Foto: Paulo Dimas / Agência Estado)Seedorf voltou a ter atuação destacada pelo Botafogo (Foto: Paulo Dimas / Agência Estado)

– Acho que o Seedorf virou carioca pela convivência com a esposa (Luviana, nascida no Rio de Janeiro), porque ele é muito malandro. Você vê que ele dosa o jogo inteiro, vai na mesma batida e no final, quando o jogo está acabando, esgota o tanque de gasolina. É muito experiente – disse Oswaldo.

A importância de Seedorf é muito grande para o Botafogo dentro de campo. Por isso, o noticiário italiano que trata do interesse do Milan-ITA em sua contratação para ser treinador deixa uma certa apreensão no ar. Oswaldo, no entanto, segue alheio aos boatos e se mantém firme no discurso.

Na segunda-feira à noite, inclusive, depois da premiação dos melhores do Campeonato Carioca, Oswaldo e Seedorf foram jantar juntos. Durante a festa, ficaram na mesma mesa. Entrosamento, pelo jeito, não falta.

– Não abro jornal italiano, nem sei o nome de um deles. Converso com Seedorf, que está tranquilo, e não me passa nada a respeito. Tomara que não aconteça – afirmou Oswaldo.

Seedorf tem mais um ano de contrato com o Botafogo e sempre se manifestou com o interesse de cumpri-lo. Em momento algum o holandês colocou prazo para encerrar a sua carreira como jogador, mas já confirmou sua participação no curso de treinador da Uefa.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários