Mesmo com o fim do Campeonato Brasileiro, o ano do Botafogo ainda não acabou. Resta ao clube torcer pela derrota da Ponte Preta diante do Lanús na final da Copa Sul-Americana, na quarta-feira, para confirmar a vaga na Libertadores. Mas o clima de incerteza já começou a tomar conta de General Severiano. Cobiçado pelo Santos e sem certeza de permanência, o técnico Oswaldo de Oliveira admitiu que o clube vai perder alguns jogadores para a próxima temporada.

“Quando acaba assim está todo mundo em negociação. Não vou falar em nomes. Mas existem jogadores que o Botafogo não vai conseguir manter. Tem negociação para trazer outros jogadores. É o mercado. Futebol é assim. Acho que esses próximos dias vão ser decisivos”, disse Oswaldo de Oliveira.

Quando estava sentado no auditório do Maracanã, Oswaldo teve de parar de conceder entrevistas para dar um efusivo abraço em Dória, que havia sido sorteado para o exame antidoping e não o encontrara no vestiário. Valorizado, o jovem zagueiro é um dos que podem deixar o clube. Oswaldo admitiu que o Botafogo encontra dificuldades financeiras.

Devido ao fechamento do Engenhão por problemas na cobertura, estima-se que o clube deixou de faturar R$ 20 milhões em 2013. No meio da temporada, Fellype Gabriel, Andrezinho e Vitinho acabaram negociados também por necessidade financeira, já que, por conta de salários atrasados, o elenco deixou de se concentrar algumas vezes. As especulações cercam também o futuro de Seedorf. Mas, na saída de campo contra o Criciúma, o holandês disse que pretende cumprir o contrato, válido até meados de 2014.

Fonte: ESPN.com.br