Oswaldo revela irritação do reserva Lodeiro e entende: ‘Isso é natural’

Compartilhe:

O Botafogo teve uma novidade na partida contra o Atlético-MG, em jogo que terminou com vitória do clube carioca por 1 a 0. O uruguaio Lodeiro foi barrado e passou todo o jogo de cara feia no banco de reservas – até entrar no lugar de Seedorf na segunda etapa. Oswaldo de Oliveira explicou a opção de deixar o camisa 14 fora do time titular e minimizou a chateação do atleta com a nova condição no time.

O treinador alvinegro também comentou sobre o acerto do time após o intervalo. O time melhorou o seu desempenho e conseguiu o gol aos 6min da segunda etapa, com Julio Cesar. Antes, no entanto, o Botafogo era tímido no ataque e não contava com Lodeiro para dar velocidade ao confronto. Alex ganhou chance no ataque para recuo de Rafael Marques e foi pouco produtivo.

“Já conheço bem o espírito do Lodeiro. O estranharia de cara boa. Infelizmente, tenho que submeter atletas a essa situação. O expoente técnico sou eu que tenho que escolher. Encaro com muita naturalidade isso”, minimizou o técnico.

Para o segundo tempo, Oswaldo conseguiu acertar a saída de bola. De acordo com o técnico, a preparação das jogadas no campo de defesa era o principal problema do Botafogo.

“O Botafogo estava hesitando na saída de bola. Fazemos isso sempre com mais tranquilidade, mas hoje não estava preciso. Isso é o que tentamos fazer acontecer. Reforcei isso no intervalo para ter como chegar mais ao gol do adversário. A saída de bola não estava organizada como de costume”, analisou Oswaldo a respeito das atuações de Bolívar e Dória.

Outra peça do sistema defensivo foi decisiva no segundo tempo. O lateral esquerdo Julio Cesar aproveitou rara oportunidade no ataque para marcar gol decisivo. “Julio não consegue ser mais frequente no ataque, porque é exigido demais. De uma forma pontual, quando teve chance, deu assistências ou fez gols decisivos na temporada. Fico muito feliz por ele, porque é de um alto nível profissional e muito dedicado. Merece ter essa medalha de vez em quando”, completou Oswaldo.

Com a vitória sobre o Atlético-MG, o Botafogo subiu para a terceira colocação do Brasileiro, com 53 pontos. O Alvinegro tem a mesma pontuação do Grêmio, mas perde no saldo de gols. Na próxima rodada, a equipe de Seedorf enfrenta o Goiás, que também briga para conquistar vaga na Copa Libertadores de 2014.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários