O Palmeiras se acertou nesta quarta-feira (19) com mais um reforço para 2019. Trata-se de Matheus Fernandes, volante de 20 anos que pertencia ao Botafogo e assinou contrato de cinco anos após ser aprovado nos exames médicos. A negociação foi fechada na casa dos 3,5 milhões de euros (quase R$ 16 milhões) por 75% dos direitos econômicos.

As conversas começaram quando a equipe de General Severiano tinha a intenção de manter Erik no elenco. Matheus, então, foi apresentado como possível moeda de troca, assim como o zagueiro Igor Rabello.

Erik, no entanto, não quis continuar no Rio de Janeiro. Apesar disso, a negociação continuou e teve o seu capítulo final feito nesta quarta-feira. O meio-campista chega para compor um setor que sofrerá com o mercado do exterior em breve.

A verba ajudaria o Botafogo a pagar alguns salários atrasados, de novembro e dezembro, mas acabou penhorada na Justiça antes mesmo da oficialização do acordo pelo Palmeiras. Antes de acertar com o Alviverde, Matheus já tinha um acordo encaminhado com o Genoa, da Itália.

Agora, o Palmeiras já tem três reforços confirmados para a próxima temporada. Os outros dois haviam sido Zé Rafael, do Bahia, e Arthur Cabral, do Ceará. Raphael Veiga será novidade no elenco, mas ele já pertencia ao clube paulista e estava por empréstimo no Atlético-PR.

Além deles, o time paulista vive a expectativa de colocar fim à novela que se transformou a negociação com Carlos Eduardo. O Alviverde espera a assinatura final desde o dia 11 de dezembro. Felipe Pires, do Hoffenheim, é uma alternativa para o setor.

Fonte: UOL