Com uma equipe bastante desfalcada, o Botafogo estava conseguindo segurar o Palmeiras dentro do Allianz Parque, mas a expulsão de Moisés mudou tudo. Com um a menos no final, o Glorioso sucumbiu à pressão do time da casa e perdeu por 2 a 0 nesta quarta-feira, chegando ao quinto jogo consecutivo no Campeonato Brasileiro sem vitória. O Fogão segue parado nos 22 pontos, na 12ª colocação momentânea.

Muito desfalcado, o Botafogo foi a campo com uma estratégia bem definida: jogar fechado, com três volantes, e procurar explorar os contra-ataques. A primeira parte deu certo. O Fogão se defendeu bem, apesar de dois sustos no início: uma finalização de Willian defendida por Saulo, e depois um soco mal-sucedido de Saulo que bateu no travessão.

O Botafogo só foi assustar aos 33 minutos, num chute de longe de Marcinho que Weverton bateu-roupa. Apesar de se defender bem, fechadinho, neutralizando as investidas do Palmeiras, o Glorioso não conseguiu aproveitar os contra-ataques que teve, errando na fase de organização das jogadas.

No segundo tempo, sim, logo no começo, o Botafogo criou. No primeiro minuto, Gustavo Bochecha chegou com perigo, de cabeça, e logo na sequência Luiz Fernando chutou e Weverton salvou com uma ótima intervenção. O Palmeiras respondeu pouco depois: para sorte do Alvinegro, Borja perdeu uma chance incrível, ao cabecear dentro da pequena área para fora do gol.

Com mais tempo com a bola no pé e trocando passes, o Botafogo fazia um bom segundo tempo, até Moisés ser expulso, num lance bastante duvidoso, aos 26 minutos. Com inferioridade numérica, o Fogão viu a pressão palmeirense aumentar. E, numa jogada justamente pelo lado esquerdo, Lucas Lima fez 1 a 0. Aí o caldo entornou.

Logo depois, Igor Rabello colocou a mão dentro da área: pênalti. Saulo se agigantou e defendeu a cobrança de Dudu. Era um fio de esperança, mas não demorou muito e Lucas Lima, de novo ele, cobrou falta com extrema categoria e surpreendeu o goleiro alvinegro, fazendo 2 a 0 aos 41 minutos e tirando qualquer chance de o Botafogo reagir.

Próximos jogos

O Botafogo volta a jogar pelo Brasileirão já no próximo sábado, às 21h, contra o Sport, no Estádio Nilton Santos. A diretoria alvinegra, inclusive, fez promoção e colocou ingressos entre R$ 20 e R$ 5 apenas. Depois, o Fogão terá uma semana para se preparar para o compromisso contra o Grêmio, em Porto Alegre, no dia 1º.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 0 BOTAFOGO

Estádio: Allianz Parque
Data-Hora: 22/8/2018 – 21h
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS)
Renda e público:  R$ 1.446.357,26 /  24.882 presentes
Cartões amarelos: Edu Dracena e Dudu (PAL); Moisés, Gustavo Bochecha, Brenner, Igor Rabello e Gilson (BOT)
Cartões vermelhos: Moisés 26’/2ºT (BOT)
Gols: Lucas Lima 32’/2ºT (1-0) e 41’/2ºT (2-0)

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Lucas Lima – Intervalo) e Moisés; Dudu (Arthur 43’/2ºT), Borja (Deyverson 23’/2ºT) e Willian – Técnico: Luiz Felipe Scolari.

BOTAFOGO: Saulo; Marcinho, Yago, Igor Rabello e Moisés; Jean, Matheus Fernandes e Gustavo Bochecha (Gilson 28’/2ºT); Luiz Fernando (Ezequiel 41’/2ºT), Rodrigo Pimpão e Brenner (Aguirre 39’/2ºT) – Técnico: Zé Ricardo.

Fonte: Redação FogãoNET