Sondado pelo Botafogo, o argentino Hernán Barcos foi descartado por ora pelo presidente Carlos Eduardo Pereira. O motivo: o alto custo. Segundo a Rádio Globo, o atacante do Tianjin (CHI), demonstrou interesse em voltar para o futebol brasileiro, mas pediu cerca de R$ 600 mil de salário.

O total pedido por Barcos foi de R$ 20 milhões, entre salários e luvas, por 3 anos de contrato.

Fonte: Rádio Globo