Gerente de futebol do Botafogo desde 2018, Anderson Barros não tem permanência confirmada no clube para a próxima temporada. A informação é de Thiago Franklin, do Canal do TF.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Apesar de ter contrato até o fim de 2020, Anderson Barros está em xeque e divide opiniões no clube. Ele não é unanimidade entre os torcedores, mas é bem visto pelos jogadores.

O grupo de transição para a Botafogo S/A está avaliando a continuidade do dirigente para o próximo ano. Anderson Barros tem três meses de salários atrasados e contrato que prevê multa rescisória.

Em sua segunda passagem pelo Botafogo, Anderson Barros foi gerente de futebol nos anos de 2009, 2010, 2011, 2012, 2018 e 2019. Ele conquistou dois Campeonatos Cariocas (2010 e 2018).

Na atual passagem, o Botafogo contratou os jogadores: Leandro Carvalho, Luiz Fernando, Renatinho, Marcelo (volante), Jean, Yago, Moisés, Kieza, João Pedro, Rodrigo Aguirre, Erik, Gatinha, Diego Cavalieri, Alan Santos, Gustavo Ferrareis, Gabriel, Cícero, Alex Santana, Diego Souza, Victor Rangel e Biro Biro. Foram cinco técnicos: Felipe Conceição, Alberto Valentim (duas vezes), Marcos Paquetá, Ricardo e Eduardo Barroca.

Veja o vídeo do Canal do TF a partir do minuto 3:53 :

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do TF